Desafios

“Nunca fugi de um desafio; enfrentá-los sempre foi minha auto-afirmação. A vitória me soa bem. Mas, essa é uma batalha que não vou travar: não vou lutar contra o tempo. Não mais.
Não vou correr até o ponto para não perder o ônibus, não vou perder a noite de sono virando a madrugada,  não vou gastar cada minuto atualizando a página da minha caixa de entrada. Não mais. Vou deixar a chuva molhar meus cabelos ao invés de correr da tempestade, Vou aproveitar cada minuto antes da separação, vou rasgar os rascunhos, vou parar de planejar o futuro. Taparei os meus ouvidos para não ouvir o choro de adeus. Assim como encaixotei meus pertences, dividirei meu coração em pequenas caixinhas, mas vou mantê-las tampadas pois sei que não resistiria à tentação de dar uma última avaliada em meus sentimentos.
E por mais egoísta que sooe, é momento de olhar para mim. Sem julgamento e sem expectativas. Quanto mais lembranças ficam para trás significa que estou indo cada vez mais para frente.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s