Coisas que você aprende olhando pra trás

1290429434940_f_large

“Algumas coisas na vida, pelo menos na minha, eu só consigo aprender olhando para trás. Por isso, não abro mão dos momentos em que eu posso parar e lembrar tudo que já aconteceu. Não é nostalgia, não é procrastinação, não é saudade. É uma espécie de análise, um aprendizado de mim para mim mesma. Sou um pouco mais velha que a maioria das leitoras desse blog, e ainda não sei nada da vida, mas se eu aprendi alguma coisa até aqui foi por que dei importância a esses momentos de reflexão.

Já cai e me levantei um milhão de vezes, e garanto que a vida perde o sentido sem essas pequenas quedas. Quando a gente cai, cai feio no chão, o que acontece? As mãos ficam machucadas, os joelhos doem e isso faz as pernas ficarem tremulas, mas a gente não pode ficar no chão pra sempre. Dói um pouco se levantar e a gente tem que fazer algum esforço. Só não podemos esquecer que uma coisa é imprescindível para levantar-se dessa queda: precisamos olhar pra frente. Se você não olhar pra frente você fica sem rumo, perde o equilíbrio, perde o foco e cai outra vez. Se você não olhar pra frente fica sem objetivo, sem propósito, sem justificativa para se reerguer. O que eu quero dizer é que quando a vida te joga no chão a primeira coisa que você deve fazer é olhar pra frente, e depois que tudo isso passar não se esquecer do tombo.

Algumas pessoas dizem que devemos nos esquecer das más lembranças e seguir em frente. Ora, mas se essas lembranças foram as que me ensinaram a viver, foram as que me trouxeram lições e se exatamente essas más lembranças foram meus principais exercícios de superação, para mim se esquecer de tudo agora é jogar uma fase importante no lixo. Tudo que a gente vive muda o nosso coração, muda nossa maneira de pensar, constrói a nossa personalidade. Cada pedaço da minha história eu guardo com carinho, e cada pedaço foi importante demais para eu decidir jogar fora. Cada página é uma lição, e você só vai conseguir acertar um dia se tiver seus erros como seu próprio referencial. Por isso, acho importante olhar para trás.

Quando você tá no meio de um tornado parece que ele nunca vai acabar, e toda aquela poeira não deixa seus nossos olhos enxergarem o lado de fora. Mas se você se lembrar que o último tornado que veio já acabou, vai ter a força suficiente para esperar esse terminar, e finalmente olhar pra frente.”